Metalizado…Nas roupas, acessórios e na maquiagem! Vem brilhar…  

 Estamos a menos de um mês do início do verão, e já sentimos na pele que em 2017, o clima será quente! Mas em compensação, as tendências para maquiagem e vestuário terão o metalizado como foco, que puxam as cores para um lado mais frio. Se você prestar atenção, as vitrines das lojas de cosméticos, roupas e acessórios estão lotadas de variações do prata, dourado e até do cobre. A questão é: essa tendência combina com todo mundo?

Quem vai contar um pouco mais sobre essa a “invasão” da cor prata, dourado e cobre nas peças de verão- que não agrada a todos, mas que já contagiou boa parte das mulheres é a Maquiadora Caroline Barusso Pagnan. A maquiadora que é muito solicitada para produzir o make e a beauty de muitasss clientes em Cambé, e o melhor de tudo….Entende do assunto pra caramba!!! Confere:
Uau, os anos 90 bateram na porta, definitivamente! Não são apenas as gargantilhas e os momy’s jeans que serão muito vistos em 2017, mas também o efeito metalizado “a tendência que era febre no anos 90, voltou com tudo nos desfiles de Primavera-Verão/2016 e Outubro-Inverno 2016/2017 em passarelas do mundo todo. Sejam as peças de roupas, sejam os sapatos e bolsas, seja a maquiagem, o efeito metalizado foi destaque nas produções de grandes estilistas. Portanto, você não estará sendo brega ou over, se optar por uma sombra nude com base metalizada, como fez Marina Ruy Barbosa , em um ensaio para uma magazine brasileira”, afirma Carol Pagnan.

Marina é ruiva, tem a pele muito branca e com sardas e ficou super estilosa com esta maquiagem.Hum, mas você deve estar se perguntado se o metalizado fica bem em qualquer tom de pele e também se as variações metálicas ficam bem tanto em loiras, como em morenas, ruivas… Opa, a Carolzinha nos conta isso agora:

“As cores de 2017, segundo o sistema de cores da Pantone ( empresa responsável pela impressão de cartões de cores), como em 2016, serão o Rosa Quartzo e Azul Serenity, e podemos utiliza-las como inspiração para a maquiagem, já que o rosa é uma cor quente e fria ao mesmo tempo e combina com todos os tons de pele, além de “cair bem” em qualquer ocasião – ele pode ser usado em uma produção mais simples para o dia ou algo mais elaborado para a noite. É uma boa opção de cor para marcar a maçã do rosto, usar nas pálpebras ou nos lábios.

Carol Pagnan conta ainda que as pessoas de pele morena /negra podem usar e abusar desta tendência ” Para pele morena-negra, nos olhos vale a pena investir em cores quentes. O cobre, por exemplo, é ideal, e para a boca, aconselho que invistam em batons dourados.

Na hora de combinar com a sombra, prefira tons neutros, esfumados no canto externo e – apenas – com o canto interno iluminado. Atenção: casar batom dourado com sombra dourada só funciona em editais e capas de revista. Já um batom mais acinzentado pode casar com uma sombra metálica”.

“E, gente, todas as tonalidades são válidas para essa tendência: preto, azul, cinza, laranja, dourado (já pensando nas festa de fim de ano), a cartela de cores é enorme. Aqui, depende muito do gosto pessoal”, completa a profissional.

Carol também dá suas dicas de moda aqui no Bonita Ideia “O metalizado invadiu não apenas a make, mas também o guarda roupa das mulheres.É bacana investir em uma peça chave para montar o look, como a bolsa, ou o sapato. É possível ainda escolher a blusa ou a parte de baixo.Vale lembrar que o legal é usar o metalizado como destaque, e não abusar da tendência ”

Voltando a pauta: maquiagem metalizada,perguntei a nossa beauty expert quais marcas de maquiagem ela indica e se ela prefere as marcas internacionais. Olha só as dicas que ela deu: “As marcas internacionais sempre estiveram dentro dessa tendência, podemos citar algumas: M.A.C, Lime Crime e Urban Decay são exemplos. Aqui no Brasil, podemos temos a T. Blog Shops, que em parceria com algumas bloggers de beleza lançam sempre coleções com o que rola no momento.Marcas como Dailus e Quem Disse Berenice? também são exemplos de produtos acessíveis para investirmos na tendência.

Ahhhh…e no próximo post, Caroline Barusso Pagnan vai dar o passo a passo para um maque metalizado super atual! Bonita essa ideia de falar sobre beleza e moda, não é?

Por que você precisa saber o que é a nanotecnologia nos cosméticos?

Você acha que está por dentro de toda e qualquer novidade relacionada à estética? Você sabia que a indústria da beleza vem “investindo pesado” na tecnologia?
Isso mesmo, o seu creminho anti-rugas e seu esfoliante de todo santo dia chegam até a sua cômoda depois de muiiiiitaaa pesquisa e investimento. Vamos saber mais sobre tudo isso…?
 São tantos os tratamentos que prometem uma pele mais hidratada, mais bonita e claro, saudável… não é? Mas o Bonita Ideia traz novamente a Esteticista Heloísa Haguio para falar sobre uma real novidade do mundo da estética e que tem impacto nos seus rituais de beleza que é a chegada de cosméticos que usam a nanotecnologia como base para sua produção “O uso da nanotecnologia por parte da indústria da beleza é algo que traz um avanço significativo para este mercado, já que ela verdadeiramente potencializa o efeito dos cosméticos. A nano tecnologia torna possível a quebra de um maior número de partículas, durante o processo de produção dos cosméticos e isso faz com que o produto ofereça mais penetração, aumente o tempo de ação do ativo, e trate a pele com maior eficácia”, conta Haguio.
É, Helô e a marca La Vertuan andam tão conceituadas no mercado que Haguio foi uma das palestrantes da última Jornada de Estética promovida pela Universidade do Norte do Paraná- UNOPAR, em novembro “Ministrei sobre a chegada da nanotecnologia nos cosméticos e como ela já vem revolucionando este mercado. Se eu sei que um produto que é produzido a partir da nanotecnologia tem capacidade de maior penetração, oferece mais tempo de ação e com isso, mais eficácia, o lógico é que eu só queira consumir produtos que utilizem deste modelo de produção”.
Segundo Helô você pode procurar saber se a marca que você consome utiliza deste tipo de tecnologia para produzir seus produtos “ Você poderá saber se o creme que você compra utiliza desta técnica em sua produção já no rótulo do produto e é uma novidade que irá impactar o mercado mundial da beleza, já que ela oferece resultados muito diferenciados de produtos que não usam a nanotecnologia em sua  criação”.
Mas olha a boa notícia aí…Com a propagação deste tipo de tecnologia, a maioria das marcas e grifes cosméticas começaram a incluir a nanotecnologia e em sua formatação e os preços dos produtos não chegarão a prateleira com custos exorbitantes. E, melhor que isso, a La Vertuan, marca muito conhecida na região, que trabalha com linhas de produtos orgânicos e naturais, já usa da nanotecnologia na concepção de todos os seus produtos!!!
É, a La Vertuan é uma alternativa sábia e econômica para quem quer se manter atualizada, bonita e o melhor…Saudável! Confere:

Alerta ou homenagem? Era preciso falar sobre ela…

Parodiando o ator e escritor Gregório Duvivier, que fez um lindo texto sobre sua ex-namorada Clarice , eu começo minha postagem sobre uma grande amiga, e mais, sobre uma forte e linda mulher, assim:Sem transtorno, preciso falar sobre Valquíria Romero.Ou melhor, preciso falar sobre as tantas Valquírias que passam, vivenciam e vencem um problema muito discutido no mês de outubro, mas que não pode deixar de ser pauta nunca: o câncer. Mais particularmente o câncer de mama, que é o tipo de câncer que mais mata mulheres no Brasil, de acordo com levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA), órgão específico e singular do Ministério da Saúde.Hum, mas por quê expor uma situação tão delicada e particular? Como a própria Valquíria afirma, é preciso alertar as pessoas quando nos vemos em situações tão incomuns e perigosas ” Mais do que nunca vejo o quão preciosa é a vida e quero que a minha experiência sirva de alerta para as mulheres, que mesmo tendo a consciência de estarem atentas a saúde, podem passar por uma situação como a minha, pois ninguém está imune. Seja você pobre, rica, negra, branca, seja qual for a bandeira que você defende, você está apta a desenvolver uma doença como esta”.É, Valquíria é uma mulher muito, mas muito informada, sempre de olho em campanhas, eventos e ações que estimulam o bem. Ela participa há oito anos, inclusive, da elaboração da divulgação da Campanha do Outubro Rosa em Cambé, organizada e realizada pelo Provopar Cambé e Prefeitura da cidade, por meio de diversas secretarias municipais, que trabalha justamente a necessidade do diagnóstico precoce e da busca da autoestima pelas mulheres diagnosticadas com a doença. E como eu disse, ela é muito atenta, inclusive com seu próprio bem estar, então anualmente ela comparecia ao médico , afinal quem se ama, se cuida ” Fui numa consulta de rotina, e fiz um ultrassom das mamas e a mamografia. Nestes exames foi constatado que eu tinha um nódulo e um cisto com quase 3 cm, em um dos seios. Quando levei os resultados ao meu médico, ele perguntou se eu queria investigar os resultados ou esperar até a próxima consulta de rotina.Optei por investigar. Porém ao ir fazer a biópsia do nódulo , me queixei do tal “cisto” que tanto me incomodava. A médica responsável pelos novos exames, muito atenciosa, resolveu olhar para o tal cisto com mais atenção. Foram momentos tensos, pois ela viu que eu tinha sido diagnosticada erroneamente. Foi aí, que mesmo sem o pedido médico em mãos ela resolveu fazer biópsia tanto do nódulo , como do caroço de 3 cm e viu que aquilo que haviam afirmado ser apenas um cisto, na verdade,era um tumor de 3 cm!. Quando chegou o resultado tanto a médica do ultrassom, como meu médico- que acreditava que o cisto de 3 cm não era uma questão emergencial, ficaram assustados, pois o nódulo não deu nada e o tal “cisto” se mostrou na verdade um tumor maligno com tamanho significativo!”Isso mesmo, o tumor estava grande, segundo as proporções clínicas e por conta da gravidade da situação Valquíria aguardou pouco mais de uma semana para passar pela cirurgia da retirada do tumor. Dias que segundo ela foram decisivos para sua vida ” Entre o diagnóstico e a cirurgia foram nove dias.Entre idas e vindas de hospitais, médicos e exames eu me vi com medo e ansiosa. Nestes momentos vemos como nossa sociedade é burocrática, em meio a tudo isso ainda tive que aguardar a liberação da cirurgia. Mas também em meio a tudo isso vi o quanto a presença da família é crucial e, o quanto sou amada pelos amigos!Com certeza já não sou a mesma pessoas de antes, tudo mudou, acredito que sei selecionar melhor agora o que merece e o que não merece minha atenção e energia.”Valquíria que tem nome de flor, e mostra em seu sorriso a delicadeza que uma mulher pode ter, também possui a força que uma chefe de família deve mostrar. Mas essa tal “força” que quem convive com ela percebe facilmente, ela atribui a terceiros ” Meu filho, meus pais, amigos estão me paparicando muito e com isso sinto-me forte, mas também tenho uma companheira que está comigo pro que der e vier, que é minha cachorrinha Belly. Ela dorme comigo, me segue pela casa e ainda inspeciona quem chega perto, rs. Ou seja, eu aconselho muito a qualquer pessoa ter um animal de estimação, eles são mesmo, instrumentos de Deus!”

Val e Belly, parceria admirável!

No fim do nosso bate-papo perguntei a Valquíria qual a mensagem que ela queria deixar para os leitores do Bonita Ideia, e sabe o que ela respondeu?”Não sou boa com as palavras, mas digo as mulheres que estão passando por um câncer e preocupadas com a aparência para não deixarem a vaidade afetar sua auto estima.Sou mulher, tenho a minha vaidade,retirei toda a mama e estou passando pela quimioterapia, porém tudo isso a vida vai me devolver, mas, minha beleza interior a da alma, isso nenhum tratamento vai tirar de mim e nem de ninguém. O que importa mesmo é estar vivo para lutar pelo que se quer…”Hum… E,ela disse que não era boa com as palavras!

Uma bonita ideia falar sobre essas duas, não? Mande sua opinião e sugestão de assunto! Beijossss

Chame a Angela… Mesmo que você não a conheça! Olha só…

Hum… Vamos falar sobre os encontros da vida!
Minhas amigas sabem bem, que não sei a um bom tempo o que é pegar um barzinho à noite, seja durante a semana, seja nos finais de semana. Tudo mudou, agora tem casa, marido, filho, cachorro…Ai, meu Deus!
Hum, mas por que então, vou falar de baladinha, se esse universo não integra mais o meu dia a dia? Bom, por que ao mesmo tempo em que muita gente acha que a sociedade não mudou, continua hipócrita e machista, eu acredito na evolução do ser humano e eu vejo mudança na atitude das pessoas!
Muito se fala na igualdade dos gêneros (mulher = homem), sendo que o que mais vejo é a segmentação da humanidade… Ela é feminista, ele machista, ela é comunista, ele é vegano, ela é maromba, ele faz yoga…. E assim, os grupos, panelinhas, vão se ilhando…
Não nego, que nós mulheres somos vistas – por muitos homens e até por muitas mulheres, PORÉM NÃO POR TODOS OS HOMENS E POR TODAS AS MULHERES , como seres frágeis e portanto, incapazes, mas é preciso evoluir nosso comportamento também.
O 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgado nesta quinta-feira, dia 3 de novembro, concluiu que mais de 5 pessoas por hora sofreram violência sexual no ano passado, no Brasil.
Poxa, um dado como este me assusta, porém, não me paralisa! Ser refém do abuso do outro não confere com a sociedade livre e democrática pelo qual buscamos, por isso, achei válido divulgar uma informação que vi em algumas mídias sociais.
O movimento é o: Chame a Angela! A “Angela” faz parte da campanha #NoMore, realizada no condado de Lincolnshire, no leste da Inglaterra. Realizada oficialmente entre 26 de setembro e 2 de outubro deste ano, a mobilização teve como foco a conscientização e promoção de mudanças na cultura sobre violência e abuso sexual na região. E, na prática, o “Chame a Angela”, funciona assim, se você estiver em um encontro ou então, for abordada de uma maneira que você entendeu como abusiva, você pode se dirigir ao bar que estiver e chamar a ‘Angela’, a equipe do local vai saber que você precisa de ajuda para sair de alguma situação e vai pedir um táxi, ou então te ajudar, discretamente, sem fazer um rebuliço.
Uma medida muito simples, certo? Pois é, essa medida tão óbvia vem sendo adotada por bares do leste da Inglaterra e vendo sendo ovacionada.

A foto que ilustra essa ideia, foi publicada por Isobel O’Brien no Twitter. Segundo o site M de Mulher, a foto já foi republicada quase 30 mil vezes, e recebeu mais de 37 mil likes.

Podíamos adotar isso no mundo todo, né?! Achei o “ Chamar a Angela” uma bonita idéia. E você o que achou?

Dilema : Com que roupa e sentimentos eu vou?

Você sai do colegial determinada( ou não) a seguir uma carreira.  Passa anos adquirindo conhecimento, tentando enriquecer seu network,chega a estagiar na área , o que pode ou não te dar um feeling para saber como se vestir e portar na área escolhida, e, então, você percebe que as pessoas esperam sim, um visual, uma aparência que faça relação com a função que você desempenha na sociedade.

Hummm, o que isso quer dizer? Quer dizer que você não pode escolher uma blusa ombro a ombro e uma saia longa sereia para ir mostrar um apartamento a um cliente, por exemplo! Explorar suas curvas não se cogita , quando seu trabalho exige seriedade e confiança. Ou então, se você é dona ou vendedora de uma loja de roupas, independentemente de qual seja o público,todos esperam de você estilo e autoestima.
Convenhamos, o mercado de trabalho te cobra  postura e automaticamente espera de você um look  adequado,por mais democrática que a moda seja, que as tendências se estendam a tempos indeterminados e que alguns trabalhos sejam “liberais”, o ideal-e atingível, acredite, é se vestir de acordo com suas tarefas e ambiente( tudo bem, isso não é nenhum segredo).

Mesmo em uma época, onde se falar em “seguir um modelo” de aparência e comportamento pode ser encarado como um insulto , escolhi como tema da primeira postagem do Sentido Particular, falar sobre look e imagem ideal para ir ao trabalho. Venho vivendo muito isso, afinal em alguns dias encerro uma etapa da minha vida profissional, para dar início, é claro, a uma nova fase! E a aproximação de uma grande mudança me fez reavaliar como me visto para ir encarar todos os desafios e as bonanças que a vida de jornalista me apresenta!Então, vamos lá, veja se gosta do que preparamos:
SUGESTÃO PARA EMPRESÁRIAS/ CORRETORAS DE IMÓVEIS/ RELAÇÕES PÚBLICA

S1° look Regata com decote v e calça skinning

A calça skinning é coringa. Seja ela jeans, de couro, de lindo , esta modelagem permite que você ouse nos acessórios e lhe entrega sempre uma silhueta elegante-se claro, você vestir a numeração adequada.

2° look Blazer claro e calça flare

A calça flare ( a antiga boca de sino), casada com um blazer- seja ele jeans ou de alfaiatria transmite estilo, coerência e seriedade, já que o recorte do blazer acintura a silhueta sem expor o corpo e a calça flare iguala a barra ao quadril, uniformizando o look.

Despojado demasiadamente? Não,se você for jornalista de jornal impresso, de um site, se for radialista, veículos que não veicularão sua imagem .Nessas funções o conforto conta muito, já que a rotina destes profissionais conta com horas a fio sentadas em cadeiras recebendo e fazendo  ligações ou, então,  conta com a correria da busca pela fonte nas ruas da cidade.E aí, gostou das sugestões?  A descrição de peças atemporais como estas te ajudarão a criar modelos de looks na sua cabeça, seja qual for o seu tipo de corpo. As calças skinning e flare são muito democráticas quando aliadas com os acessórios certos. Ah, se você estiver naquela fase de procurar trabalho, mudar de área e buscar desafios, vá com confiança, vá minada de esperança! Não dá pra ser estilosa e charmosa por fora e brega por dentro! Rssss…

Olá, mundo!

Não há melhor forma de expressão que a descrição… Que a escrita cheia de emoção! Esse espaço é :

Pra você que trabalha , vive suas fases e, dependendo da que estiver vai a padaria como uma diva!

Bem-vinda , leitora! Aproveite e enjoy!

Emily Müller Gusmão